21/05/2019 às 22h00min - Atualizada em 21/05/2019 às 22h00min

Secretaria de Educação entrega 72,4 mil livros didáticos

Para acelerar a entrega, as coordenações regionais de ensino vão buscar os exemplares em falta diretamente no depósito da Secretaria no SIA

Agência Brasília
A Secretaria de Educação do Distrito Federal entregará 72.380 livros didáticos às escolas da Rede Distrital de Educação. (Reprodução/Facebook)

A Secretaria de Educação do Distrito Federal entregará 72.380 livros didáticos às escolas da Rede Distrital de Educação, atendendo demandas pelo material, oriundo da reserva técnica do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). O FNDE fez duas remessas: uma de 31 mil livros, de diversas disciplinas, que já começaram a ser entregues pelo próprio Fundo às escolas.  A outra, de 41.380 volumes de língua portuguesa e matemática, chegou nesta segunda-feira, 20/5, ao Distrito Federal.

Para acelerar a entrega, as coordenações regionais de ensino vão buscar os exemplares em falta diretamente no depósito da Secretaria de Educação no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), a partir desta quinta-feira, 23/5. O subsecretário de Educação Básica, Hélber Vieira, esclarece que o FNDE efetua a compra com base no Censo Escolar do ano anterior ao pedido, neste caso, 2017, ajustando os dados com a prévia de matrícula do Censo Escolar do ano da solicitação, ou seja, 2018. “O problema principal para a falta de livros no início do ano letivo foi que a tendência de queda nas matrículas não manteve a lógica de períodos anteriores. Em 2019, a educação básica da Rede Distrital teve seis mil alunos a mais”, explica Hélber.

Reserva técnica

A Secretaria fez um treinamento com todas as coordenações regionais de ensino, em 9/5, para atualizá-los em relação ao uso do sistema de solicitações on-line, por meio da reserva técnica/remanejamento/doação do FNDE. O sistema permite mapeamento on-line, apontando onde faltam livros e onde há excedente. Isso proporciona à Secretaria planejar sua logística de distribuição com segurança e às coordenações regionais de ensino promoverem remanejamentos de livros entre as suas unidades escolares.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Emprego no Brasil