12/05/2019 às 11h30min - Atualizada em 12/05/2019 às 11h30min

Dívida pública na reforma da Previdência será debatida amanhã

O gasto financeiro com a dívida pública consumirá quase 44% do total de R$ 1,4 trilhão no Orçamento da União aprovado para 2019.

EBC
Comissão de Direitos Humanos, presidida por Paulo Paim, retoma debates sobre impactos da reforma. (Marcos Oliveira/Agência Senado)

A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) promove audiência pública, nesta segunda-feira (13), para debater sobre "Previdência e Trabalho", com foco na auditoria da dívida pública.

O gasto financeiro com a dívida pública consumirá quase 44% do total de R$ 1,4 trilhão no Orçamento da União aprovado para 2019. A proposta de reforma da Previdência do governo federal é apontada como a principal medida para o reequilíbrio das contas públicas. A previsão é de que, com a aprovação da reforma e o teto de gastos, o país volte a registrar superávit primário a partir de 2023.

Para debater o assunto foram convidados Paulo Fontoura Valle, subsecretário do Regime de Previdência Complementar da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia; Maria Lucia Fattorelli, coordenadora-geral da Auditoria Cidadã da Dívida Pública; Antonio Gonçalves Filho, presidente do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes-SN); e o economista Rodrigo Vieira de Ávila.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Emprego no Brasil