05/12/2018 às 22h00min - Atualizada em 05/12/2018 às 22h00min

Dia D suplementar imuniza mais de 2 mil animais em Ceilândia

Ao todo, foram abertos 30 postos de vacinação antirrábica em Ceilândia para o Dia D.

SES

Um total de 2.158 cães e gatos foi vacinado contra a raiva em Ceilândia. (Reprodução/Facebook)
Um total de 2.158 cães e gatos foi vacinado contra a raiva em Ceilândia, no sábado (1º), durante o Dia D suplementar realizado na região administrativa. O objetivo da iniciativa foi elevar a cobertura vacinal no local.

 
Ao todo, foram abertos 30 postos de vacinação antirrábica em Ceilândia para o Dia D, das 8h às 13h, com a participação de aproximadamente 140 colaboradores. Entre eles, servidores, estudantes universitários e agentes da Força Nacional de Proteção Ambiental.

 
“É importante destacar que o tutor do animal não vacinado este ano leve ele para algum posto de imunização permanente no Distrito Federal e faça a vacinação, o quanto antes, para evitar a contaminação urbana de raiva”, afirmou o diretor de Vigilância Ambiental da Secretaria de Saúde, Rafael Azevedo.

A Secretaria de Saúde estuda a possibilidade de organizar vacinações itinerantes nas demais regiões administrativas que não conseguiram atingir a meta de imunização animal durante a campanha de vacinação antirrábica de 2018.


As regiões administrativas com menor cobertura antirrábica no DF foram Sudoeste, Asa Sul, Águas Claras, Lago Norte, Asa Norte, Cruzeiro, Itapoã, Ceilândia, Lago Sul e Guará. As que tiveram maior cobertura foram Fercal, Sobradinho I, Brazlândia, Paranoá, Candangolândia, Varjão, Núcleo Bandeirante e Gama.

 
COBERTURA 

A expectativa da Secretaria de Saúde era vacinar, durante a campanha antirrábica realizada entre julho a setembro, cerca de 270 mil cães e gatos, o que equivale a 80% do público-alvo, estimado em 340 mil. Até o momento, levando-se em consideração os números de Ceilândia, foram imunizados 182.268 animais pelos postos da rede pública, o que representa 53% de cobertura.

 
Contando com os 13.743 animais vacinados este ano pelos postos da rede privada que enviaram as informações para a Secretaria de Saúde, o quantitativo sobe para 57%.
 

MUDANÇAS 

Para melhorar a cobertura vacinal contra raiva em cães e gatos, a Secretaria de Saúde promoveu, este ano, mudanças na Campanha de Vacinação Antirrábica Animal. A ação se estendeu ao longo dos meses de julho, agosto e setembro, pelo período de 12 semanas, em vez de ser realizada apenas em três finais de semana, como nos anos anteriores.

 
Além disso, promoveu uma campanha itinerante em todo o território do DF, envolvendo condomínios, comunidades rurais e áreas urbanas, permitindo que a população vacinasse seus animais nos dias úteis.

Outra novidade foi o chamado Dia D, data em que se concentram esforços para atingir o objetivo final. Neste ano, ocorreu em 21 de julho e 29 de setembro, para as áreas urbanas e, em 25 de agosto, na zona rural. Foram disponibilizados mais de 80 postos para vacinação em todo o Distrito Federal.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »