30/11/2018 às 18h00min - Atualizada em 30/11/2018 às 18h00min

Ministério do Esporte recebe Certificado Ouro pela gestão de recursos da União

O Ministério do Esporte participou do projeto piloto chamado 'Modelo de Excelência em Gestão dos Órgãos das Transferências Voluntárias – MEG-TR'

Ascom – Ministério do Esporte

Ministério do Esporte recebe Certificado Ouro pela gestão de recursos da União (Foto: Francisco Medeiros/ME)

O trabalho desenvolvido pelo Ministério do Esporte na gestão de transferências de recursos da União foi reconhecido, nesta quinta-feira (29.11), pelo Ministério do Planejamento. Em cerimônia realizada em Brasília, a pasta recebeu o Certificado Ouro do governo federal, que identifica procedimentos de gestão transparentes e simplificados com foco no cidadão.   

“O Ministério do Esporte saiu na frente. Foi o primeiro ministério a conseguir a certificação ouro. É o reconhecimento do trabalho realizado pela equipe da pasta. Receber esse certificado é um marco, pois traça um plano de melhoria e desenvolvimento para que as equipes continuem trabalhando e avançando no modelo de gestão”, avaliou a diretora do Departamento de Transferências Voluntárias do Ministério do Planejamento, Deborah Arôxa. 

O Ministério do Esporte participou do projeto piloto chamado “Modelo de Excelência em Gestão dos Órgãos das Transferências Voluntárias – MEG-TR”. A iniciativa tem o objetivo de aperfeiçoar os pontos mais sensíveis e garantir evolução nas questões fortes da organização pública.

Segundo a diretora Deborah Arôxa, o desafio atual na administração pública é fazer muito mais com muito menos. “A pasta do esporte trabalhou no modelo de 100 pontos. No ano que vem, nós vamos subir a régua de avaliação para 250 pontos, depois vamos para 500 e 750. A meta é chegar a 1 mil pontos. Com a equipe desenvolvendo um trabalho com muita seriedade e buscando melhorias, vocês já começaram com ouro. Assim, teremos o compromisso de buscar e construir um país melhor”, completou. 

O Ministério do Planejamento avalia os órgãos e entidades da administração pública direta e indireta que atuam em processos de transferências de recursos da União, operacionalizadas por meio de convênios, contratos de repasse, termos de parceria, fomento e colaboração. Os procedimentos são realizados de acordo com as diretrizes estabelecidas pela Portaria nº 66/2017 do Ministério do Planejamento.

Para o secretário Executivo do Ministério do Esporte, Fernando Avelino, cada vez mais a pasta está atuando para fazer uma gestão coorporativa. “Aqui é o Ministério do Esporte e lógico que subir ao pódio é muito bom. Todo atleta pretende chegar em primeiro lugar. Depois da categoria ouro, tem a Diamante. Esse é o nosso objetivo. Agora, melhor do que tirar o primeiro lugar é chegar batendo o recorde. Queremos entregar ao próximo gestor o bastão de uma forma melhor do que recebemos. Assim, desejo que o próximo faça uma gestão melhor que a nossa, pois terá uma base para isso. Esse é o nosso desafio”, encerrou Avelino.

 

A cerimônia contou também com a presença da secretária Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social do Ministério do Esporte, Andréa Barbosa, da secretária da Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD), Denise Cunha, e do secretário Executivo Adjunto do Ministério do Esporte, Homero Lima.  

 

 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »