20/04/2017 às 11h30min - Atualizada em 20/04/2017 às 11h30min

CBF registra menor lucro desde 2007

A CBF registrou em 2016 o menor lucro desta década. De acordo com o balanço financeiro da confederação de futebol, aprovado pela assembleia geral, a entidade comandada por Marco Polo Del Nero teve um superávit de R$ 44 milhões no ano da conquista do ouro olímpico.

Folhapress

CBF registra menor lucro desde 2007 (Foto:Arquivo/Agência Brasil)

 

Foi o pior resultado positivo nas contas de desde 2007. Na época, a CBF anunciou um lucro de R$ 10,4 milhões. O valor deflacionado pelo IPCA corresponde a R$ 18,3 milhões.

Em apenas um ano, o superávit da entidade caiu R$ 28 milhões. Em 2015, ano da prisão de José Maria Marin, a confederação teve um lucro de R$ 72 milhões.

Apesar da queda do superávit, a CBF teve em 2016 o seu faturamento recorde. A entidade arrecadou R$ 647 milhões, ante R$ 518,8 milhões no ano anterior. Nenhum clubes brasileiro conseguiu faturar tanto.

A entidade arrecadou R$ 411 milhões com patrocínios no ano passado. Em 2015, o resultado foi de R$ 339,6 milhões.

Em dezembro de 2015, Marco Polo Del Nero CBF foi acusado pelo FBI de ser um dos beneficiários de um esquema de recebimento de propina na venda de direitos de torneios no país e no exterior.

Em meio a denúncias contra o cartola, a multinacional norte-americana P&G decidiu romper contrato com a entidade. A confederação perdeu também os patrocínios da Sadia, da Michelin e da Unimed.

José Maria Marin, antecessor de Del Nero na CBF, cumpre prisão domiciliar nos EUA pela mesma acusação de recebimento de propina em acordos da confederação. Desde então, o atual presidente da confederação nunca mais deixou o país.

Segundo o secretário-geral da entidade, Walter Feldman, a desvalorização da moeda brasileira foi a responsável pelo lucro ter caído em 2016.

"A variação cambial gerou uma queda de R$ 39 milhões", disse Feldman.

A maioria dos contratos da CBF são registrados em moedas estrangeiras, como dólar e euro.

Além da variação cambial, Feldman justificou a queda no lucro ao "crescente investimento no futebol".

"A CBF começou há dois anos um novo modelo de gestão. Esse modelo busca ampliar receitas e reduzir despesas, trabalhando muito, investindo prioritariamente no futebol", afirmou o cartola.

"O investimento no futebol foi em torno de R$ 288 milhões. Isso incluiu seleções, competições e fomento geral ao futebol", acrescentou.

Apesar de o balanço ter sido aprovado pelos 27 representantes de federações estaduais, a entidade ainda não publicou o resultado financeiro no seu site. O presidente da CBF não deu entrevista sobre o balanço.

PREJUÍZO NA FIFA

No início de abril, a Fifa anunciou que teve um prejuízo de US$ 369 milhões (cerca de R$ 1,15 bilhão) no ano de 2016.

De acordo com a entidade, isso ocorreu devido a um aumento significativo no desenvolvimento do futebol e uma despesa "extraordinária", que não foi especificada.

A Fifa teve uma série de dirigentes presos acusados de corrupção por autoridades dos EUA em 2015.

Tags »
CBF
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Moeda Valor
Dólar 3.2654
Euro 3.6478
Peso Argentino 0.2041
Bitcoin 10098.979