17/02/2017 às 14h12min - Atualizada em 17/02/2017 às 14h12min

Ex-ministro Carlos Velloso resiste em assumir Ministério da Justiça

Decisão, no entanto, ainda não estaria tomada

Agência O Globo

Ex-ministro Carlos Velloso resiste em assumir Ministério da Justiça (Foto: Agência Brasil)

 

Oficialmente sondado pelo presidente MIchel Temer para assumir o cargo de ministro da Justiça, o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Carlos Velloso passou a resistir à ideia. Depois de ter conversado ao telefone algumas vezes com o peemedebista e ter se reunido com Temer no Palácio do Planalto na última segunda-feira, o governo considerava o assunto como praticamente resolvido.

No entanto, no decorrer desta semana, Velloso começou a sinalizar a Temer dificuldades de assumir a missão. Aos 81 anos, sendo 40 deles de vida pública, ouviu ponderações da família de que deveria manter a atuação privada. Além das questões familiares, Velloso tem como clientes empresas que sinalizaram que, caso ele se afaste do escritório, procurarão outro advogado. 

Apesar das ponderações, Temer tem a expectativa de que o ex-ministro do STF aceitará o convite. Eles devem conversar ainda hoje por telefone para que se bata o martelo. O presidente está em São Paulo.

Se Velloso não aceitar o convite, segundo um auxiliar presidencial, a definição começará "do zero". Isso porque o advogado Antonio Cláudio Mariz, cotado para a Secretaria Nacional de Segurança, não é cotado para o cargo de ministro.

— Mariz está totalmente descartado para virar ministro da Justiça desde maio do ano passado— disse um auxiliar de Temer, lembrando a repercussão negativa da posição de Mariz sobre a Operação Lava-Jato.

Apesar de ser dado como carta fora do baralho, Mariz é amigo pessoal de Temer, com quem conversará nesta sexta-feira, em São Paulo

 

Tags »
Ex-ministro Carlos Velloso resiste assumir Ministério da Justiça
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Moeda Valor
Dólar 3.0905
Euro 3.2599
Peso Argentino 0.1984
Bitcoin 3448.89978