17/02/2017 às 06h00min - Atualizada em 17/02/2017 às 06h00min

Padilha diz que em dez anos a Previdência precisará de nova fonte de financiamento

A afirmação foi feita peloministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, nessa quarta-feira (15), na primeira audiência pública realizada na Comissão da Reforma da Previdência na Câmara

Agência Brasil

Padilha diz que em dez anos a Previdência precisará de nova fonte de financiamento (Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil)

 

Mesmo com a reforma, a Previdência Social precisaria de nova fonte de financiamento para não ser mais deficitária.

A afirmação foi feita peloministro da Casa Civil, Eliseu Padilha,  na primeira audiência pública realizada na Comissão da Reforma da Previdência na Câmara.

Para Padilha, a atual mudança na aposentadoria não vai acabar com o rombo do sistema, mas estabilizar o deficit.

Segundo as previsões do governo, este déficit será de mais de R$ 260 bilhões em 2017. O ministro da Casa Civil disse que dentro de dez anos será preciso pensar em uma nova fonte de financiamento.

O ministro Padilha defendeu a reforma, argumentando que daqui a sete anos não haverá mais dinheiro para pagar a Previdência Social, e ressaltou que o mercado financeiro tem dado sinais positivos com a apresentação das mudanças.

O deputado do PSOL, Ivan Valente, criticou o argumento do ministro.

O deputado Marcus Pestana, do PSDB, defendeu a idade mínima para se aposentar.

Também falou na audiência o secretário nacional da Previdência, Marcelo
Caetano. O deputado Arnaldo Faria de Sá, do PTB, contestou o secretário sobre os números apresentados.

O secretário Marcelo Caetano defendeu que existe deficit em todos os setores do sistema previdenciário.

Enquanto ocorria o debate na comissão, associações do Ministério Público e do Judiciário fizeram um ato na Câmara contra a reforma da Previdência.

O presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros, Jayme Oliveira, criticou que na reforma não há nada sobre a gestão do sistema ou uma previsão se no futuro os recursos serão gastos em outras áreas.

A reforma da Previdência prevê, por exemplo, uma idade mínima de 65 anos para homens e mulheres se aposentarem, além de aumentar de 15 para 25 anos o tempo de contribuição mínima para pedir o benefício e 49 anos de contribuição para ter o valor integral da aposentadoria.

Tags »
Padilha dez anos Previdência fonte de financiamento
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Moeda Valor
Dólar 3.1749
Euro 3.4587
Peso Argentino 0.2063
Bitcoin 4493.60425